PRÓXIMO ANTERIOR
 
 
 
 
 

Home » Formações » “ZAQUEU RECEBE JESUS” (Lc 19,1-10)

“ZAQUEU RECEBE JESUS” (Lc 19,1-10)


Santos Anjos | 15 May, 2017

ZAQUEU RECEBE JESUS”  (Lc 19,1-10)

Na Bíblia Sagrada este é o título do encontro de Zaqueu com Jesus. Mas orando como o texto, percebemos que “Jesus recebe Zaqueu”. Porque Deus sempre nos ama primeiro, recebe-o com o olhar: “Chegando Jesus aquele lugar e levantando os olhos, viu-o e disse-lhe: Zaqueu desce depressa, porque é preciso que eu fique hoje em tua casa”. Mas no início da narrativa o evangelista diz que Jesus ia atravessando a cidade de Jericó. Não pretendida se hospedar ali. O que fez Jesus mudar os planos? Jesus viu o interior de Zaqueu, Jesus vê o lado certo do bordado. Nós vemos o avesso.

A multidão que caminhava ao redor do Mestre, ao ver aquele desprezível cobrador de impostos trepado numa árvore, deve tê-lo desprezado ainda mais, talvez pensado ou comentado: que pa-pelão…, tão rico…, tão importante, chefe dos cobradores de impostos, tão curioso e ridículo… Mas Jesus viu, o esforço da corrida e da subida. Viu a quebra da barreira do complexo de ser baixinho. Jesus ao levantar os olhos viu o ser humano que parecia ter tudo, mas não estava feliz, pois tinha apenas o material, não tinha o espiritual, então não tinha nada.

Zaqueu desce depressa, e ele “desceu a toda pressa e recebeu-o alegremente”. De pé, diante do Senhor, Zaqueu abriu o coração e mostrou o que Jesus já tinha visto; a generosidade: “Senhor vou dar a metade dos meus bens aos pobres e se tiver defraudado alguém, restituirei o quádruplo (a lei mandava que restituísse o dobro)”. Hoje entrou a Salvação nesta casa…, nesta família…, nesta vizinhança; porque quando alguém encontra Jesus muda tanto que transborda mudança à sua volta. Orando com este encontro de Jesus com Zaqueu também somos chamados a descer depressa: de nossos julgamentos apressados, dos nossos preconceitos, egolatria, apegos materiais e todo desamor.

Jesus também sendo o Médico dos médicos, toca com amor nosso coração, para que sejamos curados e libertos de nossos complexos, prisões de autopiedade e das sugestões malignas do mundo corrupto, descrente e paganizado.

Desce depressa nos diz Jesus e me encontre também na palavra que exorta: “Não julgueis e não sereis julgados. Porque do mesmo modo com que tiverdes medido, também vós sereis medidos” (Mt7, 1-2) e “O que o homem vê não é o que importa: o homem vê a face, mas o Senhor olha o coração ” (1 Sm 16,7b).

Fiquemos atentos!

Lenira Krepsky

Comunidade SANTOS ANJOS

Deixe um comentário