PRÓXIMO ANTERIOR
 
 
 
 
 

Home » Formações » Tríduo dos Arcanjos

Tríduo dos Arcanjos


Santos Anjos | 15 September, 2012

REGRA DE VIDA

76. A Comunidade SANTOS ANJOS caminha na adoção espiritual de seus patronos, seguindo como exemplo de ministério e ainda como guardas e especiais intercessores, os Anjos de Deus, com particular atenção aos méritos dos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael.

77. “Eles aí estão, desde a criação, e ao longo de toda História da Salvação, anunciando de longe ou de perto essa salvação e servindo ao desígnio divino da sua realização: fecham o paraíso terrestre, protegem Lot, salvam Agar e seu filho, seguram a mão de Abraão, a lei é comunicada por ministério deles, conduzem o povo de Deus, anunciam  nascimentos e vocações, assistem os profetas. Finalmente é o Anjo Gabriel que anuncia o nascimento do João Batista e do Próprio Jesus” (CIC, 332). “Desde a Encarnação até a Ascensão, a vida do Verbo Encarnado é cercada da adoração e do serviço dos anjos. (…) Protegem a infância de Jesus, servem Jesus no deserto, reconfortam-no na agonia, embora tivesse podido ser salvo por eles da mão dos inimigos, como outrora Israel. São ainda os anjos que evangelizam, anunciando a Boa Nova da Encarnação e da Ressurreição de Cristo. Estarão presentes no retorno de Cristo, que eles anunciam, a serviço do juízo que o próprio Cristo pronunciará” (CIC, 333).

78. São Miguel Arcanjo – A expressão “Quem como Deus” mostra a grandeza de seu envio e estabelece seu testemunho de fidelidade e reconhecimento da Majestade Divina, o Deus inigualável, amor infinito e misericordioso – Deus único, onipotente, Senhor e Criador de todas as coisas, visíveis e invisíveis. Honrando o glorioso patrono São Miguel Arcanjo, a Comunidade celebra solenemente com a Igreja a Festa dos Arcanjos no dia 29 de setembro, data de grande importância que desde o início foi reservada à consagração de seus membros. Por conta disso é realizada desde os primeiros tempos da Fundação um período de preparação e reflexão que se manifesta através da “Quaresma de São Miguel Arcanjo”, onde a Comunidade unida e distribuída em grupos de partilha, vive durante quarenta dias, a experiência de um verdadeiro reavivamento da vocação, através de reuniões semanais de formação e de exercícios espirituais diários. Iniciamos essa quaresma no dia 21 de agosto e percorremos esse período de oração numa constante e fervorosa invocação dos nove coros dos Anjos de Deus.

79. São Gabriel Arcanjo – assim chamado como Poder de Deus e considerado como o Anjo da Redenção, Gabriel é

o Anjo do Anúncio por excelência. Através dele chegou a humanidade a mais sublime dentre todas as notícias: o Anúncio da Encarnação do Verbo de Deus – Jesus Cristo, o Filho de Deus feito Homem – o Emanuel! A devoção ao Arcanjo Gabriel que é celebrada durante todo ano, tem como ponto de maior intensidade o dia 25 de março, Festa da Anunciação do Senhor – página do Evangelho que Deus nos concedeu para que seja constantemente atualizada na Igreja e no mundo, pelo exercício da espiritualidade do nosso carisma. Apesar dessa particular consideração que se manifesta durante todo o ano, a Comunidade é especialmente convocada no dia 17 de março a rezar uma Novena em Honra do Arcanjo do Anúncio, intercedendo pelos necessitados de conversão, buscando levá-los ao conhecimento e a prática da Palavra de Deus.

80. São Rafael Arcanjo – A medicina de Deus, o Senhor que cura e que liberta: “Tem ânimo, porque é fácil a Deus curar-te!” (Tb 5, 13) – Aquele que conduz o povo de Deus, que zela por suas necessidades – “Eu o levarei até lá e to reconduzirei” (Tb 5,15). Nesse contexto a Comunidade busca os favores do Arcanjo Rafael nas intenções daqueles que são atendidos pelos nossos ministérios de oração e celebra sua intercessão entre os dias 10 e 18 de outubro, através de uma novena que promove um tempo especial de oração e reflexão para cura e libertação, na constante busca de superarmos, também com a ajuda desses exercícios de piedade, os obstáculos que dificultam uma total entrega a Jesus Cristo. Os ofícios de São Rafael que estão amplamente ilustrados no livro de Tobias inspiram a Comunidade para no seu apostolado: anunciar e testemunhar a verdade; conduzir à reconciliação, a cura e a libertação; realizar a intercessão pelos casais e pelos jovens que buscam o matrimônio; e através da oração apresentar a Deus, em suas necessidades e aflições, todas as pessoas acolhidas pelo nosso ministério.

Deixe um comentário